Operação Cidade Mais Segura prende 21 pessoas em Manaus e Iranduba

0

Ao todo, 17 armas de fogo foram apreendidas, além de drogas, munições, dinheiro e veículo

FOTOS: Tarcísio Heden / SSP-AM

A operação Cidade Mais Segura, realizada em Manaus e em Iranduba (a 27 quilômetros da capital), resultou na prisão de 21 pessoas nas últimas 24 horas. Um adolescente foi apreendido durante a ação, coordenada pela Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM), em combate à criminalidade. Armas, drogas, munições, dinheiro e veículo foram apreendidos.

Com início ontem (26/01), a operação foi intensificada na manhã desta quinta-feira (27/01). Cerca de 200 agentes das forças de segurança participaram da ação, além de 30 viaturas. O secretário da pasta, general Carlos Alberto Mansur, ressaltou que o objetivo da operação Cidade Mais Segura é intensificar a presença da polícia nas ruas de Manaus e no interior.

“Nessa operação de hoje, o objetivo é intensificar a presença da polícia nas ruas aqui da capital, então fizemos barreiras utilizando o Núcleo Especializado em Operações de Trânsito (Neot), em diversos pontos da aqui da cidade. Inclusive com barreiras para verificar o transporte urbano de ônibus, também realizamos revistas e verificamos a documentação do motorista”, disse o secretário.

Ações – Em duas ações realizadas ontem (26/01), pelos agentes da Secretaria Executiva Adjunta de Operações (Seaop), 11 pessoas foram presas por tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo. As ações aconteceram no bairro Compensa, zona oeste e no município de Iranduba.

Ao todo, na ação da Seaop, três armas foram apreendidas, sendo uma submetralhadora. Um dos presos em Manaus era foragido da justiça pelo crime de roubo. Ele exibia o armamento em vídeos divulgados nas redes sociais. Também foram apreendidas drogas, munições, um veículo e dinheiro.

Polícia Militar – Na manhã desta quinta-feira (27/01), em uma das ocorrências, três pessoas foram presas em flagrante por porte ilegal de arma de fogo no bairro Tancredo Neves, zona Leste de Manaus.

A ação foi realizada pelos policiais das Rondas Ostensivas Cândido Mariano (Rocam). Dois revólveres foram apreendidos com o trio, além de drogas, rádios comunicadores e munições.

O comandante-geral da Polícia Militar do Amazonas (PMAM), coronel Vinícius Almeida, destacou o trabalho de integração das forças de segurança. “O Estado do Amazonas vive um momento ímpar na segurança pública, de união de esforços e de investimentos nunca visto pelas nossas instituições”, ressaltou.

Polícia Civil – A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM) realizou o cumprimento de cinco mandados de prisão. Um dos presos era procurado pelo crime de estupro. Além disso, também foram presas duas pessoas em flagrante e um adolescente foi apreendido, por falsificação de documento público, associação criminosa e corrupção de menores.

“Durante o período da pandemia, nós fomos recordes absolutos em cumprimento de mandado e número de elucidação de casos. É importante a população saber que trabalhamos de forma integrada e, que temos ótimo resultados”, disse a delegada-geral da Polícia Civil do Amazonas, Emília Ferraz.

Integração – A Operação Cidade Mais Segura é coordenada pela SSP-AM e conta com o trabalho integrado entre a Polícia Militar, Civil, Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBMAM) e Núcleo Especializado em Operações de Trânsito (Neot), do Departamento de Trânsito do Amazonas (Detran-AM).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui